Busca

The Walking Couple

Sabe aquele momento que você simplesmente não consegue ficar em casa com o mundo inteiro lá fora esperando para ser descoberto? E de repente você conhece outra pessoa com essa mesma vontade que você? O resultado só pode ser um Walking Couple! Se identificou? Então curta aqui todos nossos passeios, dicas e pé na estrada!

No mundo: América do Sul – Cusco (1/2)

Claro que Cusco estava nos planos! À 8 anos atrás estive lá com um amigo e eu queria muito que a May conhecesse essa cidade que pra mim é a mais top do Peru.. em todos os sentidos! A vibe da cidade é incrível! Cheia de gente do mundo inteiro e coisas para todos os gostos: desde sítios arqueológicos e museus até baladas e “mushroom trip”.. rsrs

Enfim, é uma cidade onde se pode passar uma semana tranquilamente!

DSC04495.JPG
Plaza de Armas

Mas de qualquer forma, nosso plano nessa cidade ficou simplificado. Primeiro porque eu já tinha visitado antes (inclusive com direito a Trilha Inca) e segundo por conta de orçamento.

Assim definimos duas prioridade: Rainbow Mountain e visitar Macchu Pichu pela opção mais econômica.

Vamos começar pela Rainbow Mountain então!

Essa trilha é uma novidade no Peru (coisa de 3 ou 4 anos se não me engano). Antes disso não era possível acessar essa montanha devido a neve, mas com o aquecimento global (sei lá se isso é uma notícia boa ou ruim nesse caso) ficou acessível através de uma trilha ainda em construção. Digo em construção porque em vários pontos ainda estão construindo a estrada, então tem bastante lama e terreno irregular.

Fechamos a trilha no próprio hostel, com uma agência chamada Ausangate que eu absolutamente não recomendo. Vocês já vão entender porque.

Olhando de fora a trilha é bem tranquila. Tem um ou outro trecho curto de escadas e subidas mais íngremes mas no geral é uma subida bem leve. Na prática, porém, é um pouco diferente. São 17km (ida e volta) e a altitude é destruidora, chegando a 5200m no final. É muito difícil respirar!

Continuar lendo “No mundo: América do Sul – Cusco (1/2)”

No Mundo: Mochilão na América do Sul – Dia 1

Compramos uma passagem de ida para Lima e uma de volta por Santiago em Setembro do ano passado. Pronto, esse era o plano. 

Sem agendas, sem agências e sem roteiro. O plano era começar pelo Peru e conhecer Machu Piccho e Puno, depois ir para a Bolívia e fazer a estrada da morte, e por último o salar do Uyuni até o deserto do Atacama no Chile, isso e mais um pouco em 22 dias. 

Depois fomos colocando lugares que gostaríamos de conhecer, lugares que fazemos questão de ir, e lugares em aberto. O Andre já fez esse rolê antes incluindo Peru e Bolívia, mas faltou alguns lugares e por isso ele topou fazer de novo e me acompanhar na minha primeira vez. ❤

Chegamos ontem à a noite (20-Abril-2017) em Lima, dormimos em uma hospedagem e hoje cedo pegamos um ônibus de 5 horas de viagem até Paracas mais ao Sul de Lima. Ainda não sabemos pra onde vamos depois daqui, mas prometemos que não será entediante. 🙂


(May Carvalho)

Diving Couple – Carnaval em Ilha Grande (1/3)

Eu e a May estávamos contando os dias para o carnaval pois fechamos um mega esquema de mergulho em Ilha Grande. Para quem não conhece, Ilha Grande fica a mais ou menos 1 hora de Angra dos Reis-RJ e o único acesso é de barco. Na ilha não tem carros e é um excelente lugar para descansar, fazer trilhas e, claro, mergulhar!

 

O esquema que fechamos com a Staff Dive incluiu desde o transporte de ida e volta, 4 noites na pousada Nautilus (que é excelente!!), todas as refeições e 10 mergulhos. Ficou em R$3000,00 por pessoa. Parece caro mas se levar em consideração que usualmente uma saída com dois mergulhos não fica por menos de 300 reais, só de mergulhos estamos falando de 1500 (5 saídas de 2 mergulhos) aí vem o fator carnaval, pousada top e o preço foi bem razoável. Para quem tem preocupações sobre excesso de barcos, óleo, etc, pode ficar tranquilo que, bem pelo contrário, foi uma das melhores saídas que já fiz em Ilha Grande.

Pousada Nautilus

Saímos de São José às 23hrs e a chegada em Angra foi perto das 5 da manhã. Legal que durante a navegação até o pousada vimos o nascer do sol. Nem vou comentar, mas deixo abaixo uma foto para vocês verem como foi top!

WhatsApp Image 2017-03-25 at 15.44.44
Nascer do sol em Ilha Grande

Continuar lendo “Diving Couple – Carnaval em Ilha Grande (1/3)”

Rolê da Semana – Bras Adão

O verão esse ano está absurdamente quente e com chuvas inesperadas, então eu e a May não estamos tão animados com passeios de moto. Sabe o que cai bem nesse calor? RAFTING! E foi exatamente o que fizemos esse fds!

Já tínhamos ouvido falar de rafting em São Luiz do Paraitinga (aliás, estivemos em São Luiz com a Naomi em outro rolê! Veja clicando aqui) e então pesquisamos nossas opções e fechamos com a Montana Rafting o roteiro de 4 horas, conhecido como Bras Adão.

A trilha do Bras Adão dura 4 horas no bote, mas na prática chegamos em São Luiz às 8:30 e voltamos para o ponto de início eram 17hrs. Então pode preparar o protetor solar, roupa e tenis que possa molhar. Um detalhe importante: recomendo blusa de manga comprida. É tenso passar o dia no sol, mesmo com protetor solar.

A trilha tem alguns trechos muito bons, tipo um em que o bote passa quase de lado! É muito doido! Porém não é tão dinâmica, então tem umas partes bem paradas, que precisa remar e remar mas compensa pela paisagem que é muito bonita. Recomendamos para quem estiver aqui pela região.

DSCN5100.JPG
Piso, fudeu!
Continuar lendo “Rolê da Semana – Bras Adão”

Rolê da semana – Monte Verde

Duas sexta-feiras atras em um momento molusco eu e o André decidimos visitar alguma cidade no dia seguinte, escolher aleatoriamente, pegar um hotel de última hora, arrumar a mala e subir na moto, nesse momento escolhemos Monte Verde e decidimos pesquisar!

Mas com a previsão chatinha de chuva para o fim de semana, decidimos postergar em uma semana nosso momento espontâneo mantendo apenas o plano de escolher de última hora a pousada já que os preços de última hora no Booking estavam bem interessantes.

Faz bastante tempo que planejamos ir para Monte Verde especialmente pela possibilidade de praticar esportes e fazer trilhas na região, mas os preços de quando buscamos no ano passado estavam bizarros. Diferente da última semana, e decidimos ir!

WhatsApp Image 2017-02-12 at 18.06.16.jpeg
Praça com coreto no centro de Monte Verde

A previsão desse último final de semana não era de chuva, mas o acesso aos pontos principais e a pousada de Monte Verde não eram dos mais atrativos para moto (a Naomi foi feita para o asfalto apenas), e aprendemos muito a lição com a viagem de Paranapiacaba (Clique aqui para ler).

Na última sexta escolhemos uma pousada bem bacana com um preço razoável (R$270,00 o casal) e bem avaliada no Booking, o fator decisivo de escolha foi a distância que segundo a pousada era possível acessar vários locais a pé…o que não foi bem por aí. Mas de todo o modo, a pousada vale super a pena, os donos são super gentis e tem um café da manhã colonial maravilhoso. 🙂 O nome da pousada é Vista da Serra e é só clicar aqui para acessar pelo Booking.

O André estava doido para fazermos quadriciclo, e lá na pousada mesmo pegamos um panfleto de um local que além de quadriciclo tinha arco e flecha \o/ . Pegamos o carro e seguimos para o local chamado Fazenda Radical (clique aqui para acessar o site), que ficava á uns 12km do centro de Monte Verde. O acesso a fazenda é por uma estrada de terra e além de quadriciclo e arco e flecha, tem arvorismo, escalada em um boulder e tirolesa.

WhatsApp Image 2017-02-11 at 17.28.41.jpeg

Continuar lendo “Rolê da semana – Monte Verde”

Rolê da semana – Pirassununga

Na última semana de férias para mim e penúltima para o André decidimos fazer mais passeios com a Naomi, a idéia era irmos para Andradas onde eu passei muitas férias de infância, mas como alguns encontros com amigos entraram na agenda nessa semana…acabamos ficando por perto de Araras mesmo.

A escolha da vez acabou sendo Pirassununga que fica a mais ou menos uma hora de Araras, a estrada não era a nossa favorita, isso porque para chegar lá boa parte do caminho é pela Anhanguera, ou seja, nada de estrada vazia em meio a natureza. No entanto, no finalzinho do caminho conseguimos bons momentos em uma estrada bem simpática e rodeada por árvores.

 

O ponto alto das nossas viagens de bate e volta é o trajeto, já disseram antes mas não custa reforçar, que o importante é a trajetória e não o destino. E isso fazemos com perfeição. ❤ Chegando em Pirassununga seguimos para o caminho que nos interessamos mais, encontramos uma igreja matriz no alto de um morro e paramos lá para tirar algumas fotos com a moto no estilo estrada americana sem capacete. Depois seguimos a pé para a ponte de ferro sobre o Rio Mogi Guaçu, e por último paramos em um boteco copo-sujo-porém simpático, tomamos um suco de laranja e voltamos para Araras!

 

Continuar lendo “Rolê da semana – Pirassununga”

Rolê da Semana – Serra Negra

Já tinha comentado com a May dessa cidade que fica no circuito das águas paulista e pra fechar o ano decidimos fazer esse rolê. Saímos de casa um pouco mais cedo pra fugir do sol e fomos nós!

img_3829
Naomi e suas novas experiencias

O trajeto saindo de Araras foi Conchal-Mogi Mirim-Itapira-Lindóia-Serra Negra e durou uma hora e meia mais ou menos. A estrada é top, cheia de plantações de cana, laranja e milho (cultivos bem tradicionais na região). Destaque para o trecho final entre Lindóia e Serra Negra que tem uma serra bem legal pra andar de moto.

Serra Negra é uma cidade bastante turística, com várias fontes de água e um centrinho charmoso e cheio de comércios de roupa. Os preços são razoáveis para quem quer ir as compras. Para nós do Vale do Paraíba, lembrou um pouco Campos do Jordão.

Continuar lendo “Rolê da Semana – Serra Negra”

Rolê da semana – Holambra

Como o André comentou no post de Piracicaba (clique aqui para ler), aproveitando os dias de férias em Araras decidimos fazer alguns passeios pela região. A idéia para o penúltimo dia do ano era ir para Serra Negra, mas por sugestão dos pais do André que amam flores, decidimos ir para Holambra! Eles toparam ir no passeio com a gente, e devido ao sol de rachar, decidimos deixar a Naomi descansando e fomos de carro com ar condicionado! ❤

De Araras para Holambra é bastante perto, e em menos de uma hora você está lá! Fomos por Limeira, e em Limeira você segue sentido Artur Nogueira. A estrada é ótima e na volta eu e o André entramos em coma no banco de traz! haha

img_20161230_105233656
A caminho de Holambra

Chegando em Holambra a primeira coisa que fizemos foi parar no moinho logo na entrada da cidade, o moinho de Holambra é o maior da América Latina. Infelizmente o deck do moinho estava fechado para visitação, então subimos só até o terceiro piso onde tem objetos relacionados a história e forma de construção do moinho.

Continuar lendo “Rolê da semana – Holambra”

Rolê da Semana – Piracicaba

Final de ano chegando e após passarmos o Natal cada um com a sua família, eu e a May decidimos fazer alguns passeios aqui pela região de Araras. Tem várias cidades pequenas e estradas bem legais para rodar. Um ponto que gosto muito é o fato de que motos não pagam pedágio na maioria das rodovias da região! Para quem gosta de rolês de moto, ficar parado no asfalto quente esperando fila de pedágio é bem tenso, então esse é um benefício muito valioso! =)

O rolê de hoje foi para Piracicaba. A cidade é uma das maiores aqui da região e é bem conhecida principalmente em função do rio Piracicaba e da rua do Porto onde é possível encontrar vários restaurantes legais com vista para o rio. Também já ouvi falar de um mini-Pantanal na cidade mas não foi dessa vez que fomos conhecer.

Saindo de Araras, fizemos a ida (trajeto 1) passando por Rio Claro (queria mostrar pra May o colégio onde estudei) e na volta viemos por Limeira (trajeto 2), pela Bandeirantes onde deu pra acelerar um pouco mais.

Piracicaba.PNG
Trajetos Araras-Piracicaba

Na cidade, não fizemos grandes passeios primeiro porque estava um sol de rachar (pensa na gente de jaqueta de couro, bota e aquele asfalto fervendo em mais de 35 graus) e segundo porque depois que almoçamos o tempo começou a fechar conforme as famosas chuvas de verão e aí decidimos ir para casa logo.

Continuar lendo “Rolê da Semana – Piracicaba”

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑